JM News Portal - шаблон joomla Продвижение

Depois do histórico último Miss Piauí – com queixas na Polícia e Ministério Público até hoje não solucionadas – a TV Band anuncia um miss inesquecível.

Na nota emitida, onde afirmam que farão uma coletiva – algo que já havia dito que ocorreria em mês atrás – deixam claro que agora a TV “é a coordenadora oficial e única do evento”. Nelito Marques, como esse blog já havia anunciado, foi excluído do processo de escolha da garota mais bela do estado - na visão dos organizadores e jurados.

Esse “como o estado nunca viu e sempre sonhou” parece ser uma grande alfinetada no ex-organizador do concurso, o colunista Nelito Marques.

 

Fonte: 180

A bordo do avião papal, o papa Francisco afirmou neste sábado que na reunião com o presidente de Estados Unidos, Donald Trump, prevista para 24 de maio no Vaticano, o "escutará", dirá o que pensa e buscará que "portas que não sejam fechadas".

 QUER RECEBER NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO? ENTÃO CLIQUE AQUI E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Assim respondeu na coletiva de imprensa no avião durante a volta da viagem que fez ao Santuário de Fátima a uma das perguntas sobre qual era sua consideração sobre a política de Trump e as evidentes diferenças com algumas de suas mensagens em matéria de imigração e defesa do meio ambiente.

"Eu jamais faço julgamentos sobre uma pessoa sem escutá-la. Eu o escutarei e direi o que penso", acrescentou o papa perante os 70 jornalistas que voaram com ele, entre eles da Agência EFE. Para Francisco, o importante em qualquer situação é "buscar que as portas não sejam fechadas. Continuar adiante e passo a passo".

Francisco lembrou que "a paz é artesanal e se faz a cada dia".

O papa assegurou que sempre pensa no respeito, em "caminhar juntos" e em "ser muito sincero com o que cada um pensa".

Francisco receberá o presidente norte-americano no dia 24 de maio em Roma, que depois viajará a Bruxelas e no dia 26 participará da Cúpula do G7 que será realizada na cidade siciliana de Taormina.

 

(Com informações da Agência EFE)

Fonte: Agência Brasil / 180

O Papa Francisco chegou nesta sexta-feira (28) ao Cairo, capital do Egito, onde participará da Conferência Internacional de Paz ao lado de líderes muçulmanos, em uma visita de apenas 27 horas, e defenderá a reconciliação entre as religiões. O Airbus da companhia italiana Alitalia, no qual o pontífice viajou, aterrissou no Aeroporto Internacional do Cairo às 14h (horário local, 9h de Brasília) após decolar do aeroporto romano de Fiumicino três horas antes.

A 18ª viagem internacional do pontífice acontece apenas 20 dias depois dos atentados contra os coptas no norte do Egito, para quem o papa pretende enviar um sinal de unidade dos cristãos. O principal compromisso desta sexta será a conferência, que acontecerá na Universidade Islâmica de Al Azhar, onde está previsto que Francisco envie uma mensagem de aproximação entre as religiões e rejeição da violência.

Na cerimônia, o papa falará aos participantes após a intervenção do grande imã da instituição sunita, o xeque Ahmed el-Tayeb, com quem alcançou uma abordagem que ultrapassa o esfriamento das relações que marcou o discurso polêmico e famoso que o Papa Bento XVI pronunciou na cidade alemã de Regensburg, em 2006. Francisco é o segundo papa que visita Egito, após a viagem feita por João Paulo II em 2000, e em seu pontificado reiterou que não há uma "guerra de religiões", após os diversos atentados reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI) que vitimaram cristãos e muçulmanos.

Na capital egípcia, o pontífice se reunirá com o papa copta, Teodoro II. A visita também tem caráter pastoral e Francisco se reunirá com representantes da reduzida comunidade católica do país, de aproximadamente 250 mil pessoas; os coptas, por sua vez, somam entre 10% e 12% dos quase 90 milhões de egípcios. No Cairo, Francisco será recebido pelo presidente egípcio, Abdel Fattah el-Sisi. Não se sabe ainda se o papa mencionará a respeito dos direitos humanos por parte do regime. Apesar da preocupação pela segurança, o papa se deslocará pela capital egípcia em um veículo normal, sem estar blindado.

No sábado, o papa vai celebrar uma missa no Estádio do Exército e depois vai almoçar com bispos e clérigos egípcios, antes de deixar o Cairo e retornar para Roma.

Um ladrão tentou descer do ônibus pela porta de trás, mas acabou caindo na armadilha do motorista, que decidiu prender o homem pelas pernas e entregá-lo na delegacia mais próxima. O caso aconteceu nesta semana em Villa Hermosa, em Bogotá (Colômbia).

Segundo informações do "El Espectador", o homem havia acabado de roubar o celular de uma passageira. O motorista percebeu a ação, e o impediu de descer do veículo. 

Em um vídeo que circula nas redes sociais, o homem aparece preso pelas pernas enquanto pessoas se aproximam para ajudar. Nesse momento, passageiros  avisam que o homem havia cometido um roubo, e então as pessoas desistem de ajudá-lo e o motorista acelera rumo à delegacia.

Detido, o suspeitou foi liberado pelas autoridades porque a passageira não apresentou queixa pelo roubo. 

À "Caracol Notícias", o comandante da polícia local, coronel Diego Vásquez, disse que a atitude do motorista mostra "apoio ao trabalho das autoridades".

FONTE: RedeTv